my life as crazy as it is
Domingo, 13 de Março de 2005
ópera de gato
opera d gato.JPG


Estavamos na rua e eu não sabia onde estava nem como me chamava.Mas sentia-me jovem...e ouvia alguém a cantar.
Era uma mulher que cantava ópera...e ao ouvi-la senti-me cheia do que é sublime...do efémero,pois aquele momento reduzia-se só a isso mesmo...um momento.Porque tinha de continuar a viver e a andar...tinha de voltar para casa.

Olhei para cima à procura do corpo de onde saía aquela voz,acabei por descobrir a janela de onde saíam os meus sonhos...e reparei que à janela...como um pormenor subtil estava um gato...que só surgia quando ela cantava.Sentava-se e olhava para as pessoas cá em baixo.E depois tudo passou...o momento acabou.

Continuo a não saber quem sou nem para onde vou...tenho sonhos memórias e recordações...que se misturam e ...não sei como vou conseguir.


publicado por aware às 22:43
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Anónimo a 14 de Março de 2005 às 14:28
tendo em conta que esta "perfeição" vem da tristeza interior, n considero assim tão perfeito... mas enfim... bjs***************Karura
(http://blackpenguin.blogs.sapo.pt)
(mailto:karura@iol.pt)


De Anónimo a 14 de Março de 2005 às 10:02
Perfeição! Mas valerá a pena dizer mais? Acredito que não.Jorel
(http://semprecalados.blogspot.com)
(mailto:jorel_eldarion@hotmail.com)


Comentar post

pesquisar
 
Abril 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11

17
19
23

25
28
30


posts recentes

Wisdom and Loneliness

hum...(coisas estúpidas)

Trapped

mais banalidades xP

Alma a arranhar

Cidade de mim

banalidades

Lua cheia

Oceano...

Sorriso sério

arquivos

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

29


lunar phases
 
Dreamers and passers by...
Web Site Counters