my life as crazy as it is
Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2005
Over the Moon with Valentine's Day!
moonm.jpg



Pois é!Feliz dia dos Namorados...que quem os tem os aprecie,e quem não os tem?
Penso muito nisso...somos tantos a ir para a cama sozinhos e no entanto sente-se tanto amor ...que não chega a ser dado parece um desperdicio.Há muito tempo que sonho...e estou cansada,por isso não me levem muito a sério.Desejo sinceramente do fundo do meu coração a todas as almas incompletas um Sonho.

O melhor sonho,o mais vívido sonho de sempre!Que acordem com um sorriso na cara e se sintam felizes...nem que seja por uma manhã,meia hora ou cinco minutos.Um sonho num jardim...oriental,de noite,com uma lua cheia a derramar o seu prateado na água dum pequeno rio,nas folhas das arvores.E de repente um beijo...um corpo,na calma absoluta da noite uma presença...e durante uns momentos a sensação absoluta de sentir a alma completa.Completa por aquele corpo...a outra alma.Como um abraço forte e beijos podem dar a volta á cabeça de uma rapariga...ou um rapaz!:)E de repente tão subito como aparece o mundo inverte-se a proporção perde-se,o equilibrio também...o escuro vem e apaga-se a lua.Mas aquela sensação permanece...e durante um tempo podemos segurar essa sensação como areia que nos escorre pelos dedos.
É isso que eu desejo a todos ...um sonho.Que se sintam felizes...

Pablo Neruda é um génio...deixo-vos as palavras dele...tão melhores que as minhas:

Puedo escribir los versos más tristes esta noche.

Escribir, por ejemplo: "La noche está estrellada,
y tiritan, azules, los astros, a los lejos"

El viento de la noche gira en el cielo y canta.

Puedo escribir los versos más tristes esta noche.
Yo la quise, y a veces ella también me quiso.

En las noches como esta la tuve entre mis brazos.
La besé tantas veces bajo el cielo infinito.

Ella me quiso, a veces yo también la quería.
Cómo no haber amado sus grandes ojos fijos.

Puedo escribir los versos más tristes esta noche.
Pensar que no la tengo. Sentir que la he perdido.

Oír la noche inmensa, más inmensa sin ella.
Y el verso cae al alma como al pasto el rocío.

Que importa que mi amor no pudiera guardarla.
La noche está estrellada y ella no está conmigo.

Eso es todo. A lo lejos alguien canta. A lo lejos.
Mi alma no se contenta con haberla perdido.

Como para acercarla mi mirada la busca.
Mi corazón la busca y ella no está conmigo.

La misma noche que hace blanquear los mismos árboles,
Nosotros, los de entonces, ya no somos los mismos.

Ya no la quiero, es cierto, pero cuanto la quise.
Mi voz buscaba el viento para tocar su oído.

De otro. Será de otro. Como antes de mis besos.
Su voz, su cuerpo claro. Sus ojos infinitos.

Ya no la quiero, es cierto, pero tal vez la quiero.
Es tan corto el amor y tan largo el olvido.

Porque en noches como ésta la tuve entre mis brazos,
mi alma no se contenta con haberla perdido.

Aunque éste sea el último dolor que ella me causa,
y éstos sean los últimos versos que yo le escribo.


E os que teêm namorado....por amor de deus beijem-se seus parvos!!!! xD
******Lots of love*****aware(eu...vou continuar a comer o meu chocolate)









publicado por aware às 02:38
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 22:14
A data assinalada pelo dia de ontem é estranha. carrega tal simbolismo que há muita gente que se sente mal por não ter namorado, como se só isso fosse importante...ontem fui jantar com uma amiga que esta um bocado em baixo, e mal entramos no restaurante só vimos parzinhos...sentimo-nos um bocado mal, mas não deixamos de jantar por causa disso. (não deixou de ser cómico).

jani disseste coisas bonitas, mas mais importante que o amor enamorado é o amor em si, e esse não existe assim tanto. Só quem ama pode ser amado! =)espiral
</a>
(mailto:......@....)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 17:14
Boa.....aquilo era um poema....o sapo é que, enfim....depois logo te mostro ;)Jorel
(http://semprecalados.blogspot.com)
(mailto:jorel_eldarion@hotmail.com)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 17:13
Tu gitana que adevinhas
me lo digas pues no lo se
si saldré desta aventura
o si nela moriré.

O si nela perco la vida
o si nela triunfare,
Tu gitana que adevinhas
me lo digas pues no lo se.

(Luar na Lubre - Tu Guitana)Jorel
(http://semprecalados.blogspot.com)
(mailto:jorel_eldarion@hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2005 às 12:30
aah, já agora, os corações estão muito fofos!! adorei!! eheh!! beijões**Karura
(http://blackpenguin.blogs.sapo.pt)
(mailto:karura@iol.pt)


De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2005 às 12:29
aah... acho que já fui mais romantica... não direi que estou + realista, isso então... puff, falta-me e muito. não, o que quero dizer é que temos que nos divertir a valer neste dia... apesar de podermos comemorar o amor TODOS os dias... não é necessario ser hoje o unico dia... bjs para todos******************************Karura
(http://blackpenguin.blogs.sapo.pt)
(mailto:karura@iol.pt)


De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2005 às 02:56
A sério são o máximo!!!lolololaware
(http://nightingale.blogs.sapo.pt)
(mailto:jani_fullmoon@Hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2005 às 02:52
Puz uns coraçõezinhos a volta do mouse...se não os virem usem o explorer...vale a pena xD hihihi***aware
(http://nightingale.blogs.sapo.pt)
(mailto:jani.negrier@gmail.com)


Comentar post